Guest Article: Alice Junqueira Terra Caffaro – Olhos voltados à juventude

Estou muito feliz em publicar este artigo da minha grande amiga Alice que coordenou a initiativa Youthful Cities em São Paulo.

Alice Junqueira Terra Caffaro

Alice Junqueira Terra Caffaro

Os últimos anos foram anos de grandes conquistas para a juventude. Em 2013, no Brasil, tivemos a Sanção da Lei nº 12.852, o Estatuto da Juventude, que estabelece direitos específicos dos jovens e o Sistema Nacional de Juventude*. No cenário global, em janeiro de 2012, o Secretário Geral da ONU, Ban Ki Moon, anunciou a criação de um posto de conselheiro especial para a juventude, um grande passo para a definitiva inclusão da temática nas discussões internacionais. Esses dois marcos fazem parte de um contexto do crescente reconhecimento da juventude como ator estratégico de desenvolvimento (perspectiva difundida globalmente) e da juventude como sujeito de direitos (perspectiva defendida pelo Brasil).

A posição do Brasil vem como uma alternativa para superar as visões “jovem “problema” (núcleo de problemas sociais) e “jovem solução” (ator-chave para o desenvolvimento), entendendo que o preconceito geracional precisa ser combatido e que, antes do jovem poder ser ator-chave para o desenvolvimento, ele precisa e deve ter seus direitos garantidos.

É fato que as perspectivas colocadas ainda coexisem, porém as novas  construções multilaterais, interministeriais, intersetoriais e (ainda tentativamente) participativas, apontam para um caminho de empoderamento e apropriação do tema, principalmente pelos poderes público nacionais e sub-nacionais e pelas organizações internacionais. É ainda um caminho em construção, mas que, por outro lado, tem a juventude cada vez mais empenhada em exigir seus direitos, ocupar espaços de participação e criar seus próprios identidades.

Nesse sentido, vemos um aumento da efervescência social, cultural e política, principalmente nas cidades, local onde a maioria dos jovens se encontra (cerca de 50% da população mundial tem menos de 30 anos e aproximadamente a mesma porcentagem vive em cidades – U.S. Census Bureau 2012). Dessa maneira, o atual momento do grande número de população jovem mundial e da urbanização acelerada tem gerado diversos projetos e iniciativas voltados à juventude.

Youthful cities

Uma dessas iniciativas que trazem o olhar para a juventude nasceu também em 2013 e uniu os temas juventude e cidade, o Youthful Cities.

O Youthful Cities (Cidades Jovens) é uma iniciativa global, nascida em Toronto, Canadá, com o intuito de envolver os jovens no processo de “construção de cidades melhores para viver, trabalhar e se divertir”. Com diversas ações para o engajamento e a ampliação do diálogo entre e sobre a juventude, a iniciativa desenvolveu o primeiro Índice de Cidades Jovens – índice comparativo que ranqueia as cidades a partir da perspectiva da juventude.

Youthful cities index

No ano de 2013, o Youthful Cities esteve presente em 25 cidades ao redor do mundo, entre elas São Paulo, a única cidade do Brasil. A intenção é expandir para 100 cidades em 2014.

Em São Paulo, foram realizadas diversas atividades que envolveram jovens de todas as regiões da cidade, organizações sociais, poder público e meio acadêmico. Entre os resultados locais, foram co-criadas ideias para a transformação de São Paulo em uma cidade “mais jovem”.

Para conferir o relatório de atividades, as ideias propostas e os resultados do Índice 2014, em português, acesse: http://issuu.com/ycsp

Para resultados e outras informações, em inglês, acesse: www.youthfulcities.com

*Principais marcos da Política de Juventude no Brasil:

– 2001 em diante: Criação de comissões – Ex.: Comissão da Câmara Municipal de São Paulo (2001) e Comissão da Câmara Federal (2003);

– 2005: Criação da SNJ e do Conselho Nacional de Juventude (Conjuve);

– 2010: Inserção do termo “jovem” na Constituição Federal por meio da Emenda Constitucional 65/2010;

– 2013: Sanção da Lei nº 12.852, Estatuto da Juventude, que estabelece direitos específicos dos jovens e o Sistema Nacional de Juventude.

Related Articles

São Paulo – A Youthful City

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s